Debate da RedeTV! alcança primeiro lugar nos Trending Topics do Twitter em Minas Gerais

0

Debate da RedeTV! alcança primeiro lugar nos Trending Topics  do Twitter em Minas Gerais 
Por Andreh Ponttez Gomez

*Crédito/Fotos: Victor Schwaner/Divulgação RedeTV!




A RedeTV! realizou nesta sexta-feira (16) o debate com os principais candidatos à prefeitura de Belo Horizonte . O evento teve a parceria de Facebook, UOL e Veja.
Participaram do encontro Alexandre Kalil (PHS), Délio Malheiros (PSD), João Leite (PSDB), Luis Tibé (PTdoB), Marcelo Álvaro Antônio (PR), Reginaldo Lopes (PT), Rodrigo Pacheco (PMDB) e Sargento Rodrigues (PDT).

O assunto foi o mais comentado no Twitter em Minas Gerais e o terceiro mais citado no Brasil.
Logo no primeiro bloco, Sargento Rodrigues falou que os empresários são tratados como ’empecilho’ pela atual administração – de Marcio Lacerda, do PSB. Rodrigues também falou que Alexandre Kalil deve R$ 100 mil de IPTU à Prefeitura.
“Sou um homem comum. Não tenho nenhum servidor público trabalhando para mim. E você, fazendo dobradinha com João Leite. Usou um caixão de um policial para fazer degrau na política”, rebateu o ex-presidente do Galo.
Délio Malheiros acusou Kalil de ser ‘braço’ do governador Fernando Pimentel. “Com o IPTU que você deve, seria possível fazer 10 mil mamografias”, disparou. “A função mais importante que Malheiros exerceu até hoje foi cuidar de 50 capivaras, e 38 morreram”, rebateu Kalil.
Na área da saúde, Rodrigo Pacheco propôs um pacto entre os candidatos para colocar o Hospital do Barreiro em pleno funcionamento.
Reginaldo Lopes defendeu a gestão do PT na Saúde e acusou o PSDB de ‘destruir’ a rede pública do setor na cidade. Lopes também perguntou sobre a posição de João Leite na segurança pública: “O meu lado é o do policial e da defesa das pessoas”, respondeu o tucano.
No segundo bloco, os jornalistas Rodrigo Cabral (RedeTV) e Silvio Navarro (Veja) fizeram perguntas aos candidatos.
Cabral questionou como Kalil irá se relacionar com a Câmara Municipal. “Vou fazer um novo tipo de política”, respondeu.
Já Navarro perguntou por que João Leite não mostra Aécio Neves na campanha. “Não preciso de ninguém para me conduzir. Tenho experiência na vida pública”, disse o tucano.
Sobre o aplicativo de transporte privado Uber, Marcelo Álvaro falou que é a favor da “regulamentação do serviço”.
No último bloco, os candidatos voltaram a se enfrentar com perguntas. Logo no começo, Kalil perguntou a João Leite se o PSDB participou do governo Marcio Lacerda. ‘O partido não tem problema em formar alianças’, respondeu o tucano.
Sobre o transporte público, Luis Tibé assumiu que dará passe livre a todos os estudantes de baixa renda da capital mineira.
Rodrigo Pacheco, do PMDB, perguntou a Reginaldo Lopes, do PT, como seria sua relação com o governo Temer. “É um governo ilegítimo, mas vou manter uma relação institucional”, explicou o petista.
Lopes e Malheiros também trocaram farpas quando o assunto foi contratos com empreiteiras. O petista disse que o adversário gastou muito com a Odebrecht, envolvida com a Lava Jato, e entregou poucas creches. “O seu partido é que não se dá bem com empreiteiras”, rebateu o político do PSD.
Quer saber tudo sobre televisão e famosos?

Acesse o canal no Youtube:
https://www.youtube.com/user/Alvoradadobrasil
Instagram:@andrehponttezgomez
E-mail:andrehgomez@gmail.com

Andreh Ponttez Gomez, é ator, blogueiro e jornalista por vocação. Participou de mais de 300 programas de TV, nas principais emissoras do país. É Youtuber, responsável pelo canal Alvorada do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.