Destaque

Na Globo Adryana Ribeiro dispara, o samba é muito masculinizado

Por Alexandre Polese,
A Cantora Adryana Ribeiro participou do Programa Papo de Almoço do apresentador Tiago Abravanel, neto de Silvio Santos na Rádio Globo, a discussão girou em torno do empoderamento feminino atual.
Reprodução instagram: Monica Machado psicologa, Karina Bacchi, Apresentador Tiago Abravanel, Atriz Mayana Neiva e Cantora Adryana Ribeiro.
Reprodução instagram: Monica Machado psicologa, Karina Bacchi, Apresentador Tiago Abravanel, Atriz Mayana Neiva e Cantora Adryana Ribeiro.
 Um dos destaques da entrevista foi quando o apresentador perguntou se elas já se sentiram preteridas pelo fato de ser mulheres em alguma situação, pergunta do Tiago Abravanel para as convidadas, Karina Bacchi, Monica Machado psicologa, Atriz Mayana Neiva, faz um papel de uma sensual prostituta em O Outro Lado Paraíso,  novela de Walcyr Carrasco na Globo.
Reprodução Internet: Tiago Abravanel e suas convidadas, Karina Bacci, Atriz Mayana Neiva de O Outro Lado Paraíso e Adryana Ribeiro
Reprodução Internet: Tiago Abravanel e suas convidadas, Karina Bacchi, Atriz Mayana Neiva de O Outro Lado Paraíso e Adryana Ribeiro.
Adryana Ribeiro dispara: “No samba e o que acontece por exemplo com um artista que foi lancada no samba, o samba é mito masculinizado na execução, embora nos tenhamos as grandes as divas as grandes mulheres, se nos sentássemos com a D Ivone Lara ou com a Leci Brandão pra conversar como foi o inicio de carreira nos teríamos assim grandes historias, eu em 95 quando foi lançada pela sony, eu fui muito bem recebida mais eu confesso que na linha de shows pra entrar fazer shows,  porque nos mulheres, por exemplo se  jamais você iria me ver no pagode sambando porque é Business pra mim trabalho mais os homens eles tem essa a vamos dizer essa liberdade de ir pra noite, de ficar isso já é complicado porque não vai ter como eu sentar com um cara e tomar uma cerveja, então vamo fazer esse negocio, não vai rolar esse momento, então a distancia nisso por uma postura é mais difícil e rola um preconceito sim”, dispara a cantora.
Reprodução Internet: Adryana Ribeiro e Apresentador Tiago Abravanel- Globo
Reprodução Internet: Adryana Ribeiro e Apresentador Tiago Abravanel- Globo
 Raio X: Adryana Ribeiro
A cantora e interprete ADRYANA RIBEIRO, tem muitas histórias pra contar.
Em seus mais de 20 anos de carreira, iniciados em peças e musicais de colégio, passando por bandas de baile, gravou jingles e cantou na noite.
Foi descoberta no inicio dos anos 90 , na concorrida noite de São Paulo, até ser convidada pelo estilista Clodovil Hernandez, que  encantado com sua voz e talento a levou em seu programa na extinta Rede Manchete, apresentando-a como uma  nova  Billie Holliday que segundo ele se apaixonou ao vê-la cantando Jazz e Bossa Nova com o Trio do famoso pianista Mario Edson na Baiúca Jardins.
Reprodução internet: Adryana Ribeiro
Reprodução internet: Adryana Ribeiro
Em 1994, surge em sua carreira uma nova oportunidade, onde fez teste para a gravadora Sony Music, escolhida e contratada como “ A nova REVELAÇÃO DO SAMBA”, segundo jornalista e critico musical Sergio Cabral, no release de apresentação do primeiro álbum  “ADRYANA RIBEIRO” 1995, com participações de Martinho da Vila, Demônios da Garoa e Rafael Rabelo e material gráfico dirigido pelo artista plástico Elifas Andreato.
O mesmo álbum foi relançado em 1996 com o sucesso
 “ Sempre sou Eu” faixa gravada com Luis Carlos da Banda Raça Negra, estourando em todas as rádios do Brasil.

Assista: Adryana e a Rapaziada- Tudo Passa

https://www.youtube.com/watch?v=ujDvN2k-CCg

Em 1997 Adryana lança o album “ EM BUSCA DO SOL” Sony Music, faixa título, presente do seu padrinho Martinho da Vila, produzida por Hyldo Hora, (produtor de Zeca Pagodinho, Beth Carvalho entre outros…)
Ambos os discos foram lançados pelo selo Butiquim do Martinho para Sony Music, que lhe renderam elogios da critica e dos colegas.
Entre 1999 e 2004 a convite da gravadora ABRIL MUSIC, criou o projeto ADRYANA E A RAPAZIADA,  produzido por Arnaldo Sacomanni entre 1999 e 2002 lançam grandes singles como Só Faltava Você, Eu Te Amo, Tudo Passa, Fim de Noite…
Reprodução Internet: Dado, Adryana Ribeiro, Binho e Gelo- Adryana e a Rapaziada 2018
Reprodução Marco Maximo: Dado, Adryana Ribeiro, Binho e Gelo- Adryana e a Rapaziada 2018

E produzidos por Guto Graça Mello para BMG no último disco do projeto ADRYANA E A RAPAZIADA em 2003 com a música Quando a Gente Briga de Jorge Vercilo.

Adryana e a Rapaziada, projeto que contava com a participação de 4 rappers que cantavam e dançavam, o qual misturou dança, performances, elementos de Samba, Rap, Hip Hop, A&B, Samba rock, musica romântica e pop.
Foram 3 álbuns lançados ao longo de 5 anos, mostrando sua versatilidade artística tornando-se assim uma das artistas  mais requisitadas  da mídia em geral com uma agenda lotada de  shows e participações em programas de tv.
Em 2005 convidada pela DeckDisc para retoma a carreira solo e lança o disco “Brilhante Raro”  produzido por Leandro Sapucahy, com o single “SAUDADE VEM”.
Assista: Saudade vem
Em 2011, a cantora lança  sua primeira produção independente, DIREITOS IGUAIS, produzido por ela em parceria com o maestro e produtor ELIAS JÓ.
O disco traz uma linguagem sambista inspirado na descontraída Jovelina Pérola Negra, com cavacos e banjos mais atuantes e percussão forte.
Em 2013 com o disco Take it easy my Brother Jorge é indicada ao Grammy Latino como melhor álbum pop contemporâneo,concorrendo ao lado de grandes nomes como Ed Motta e Seu Jorge.
Neste álbum Adryana apresenta releituras pop eletrônicas misturadas ao samba da obra do mestre Jorge Ben Jor com País Tropical, Filho Maravilha e Taj Mahal.
Após 14 anos separada da formação original do projeto Adryana E A Rapaziada , a cantora retomou o grupo  “ADRYANA E A RAPAZIADA” em grande estilo ao lado dos integrantes com os quais iniciou em 1999 na gravadora Abril Music.
A Rapaziada é composta por Gelo, Binho e Dado Soul
Reprodução Adryana e a Rapaziada Gelo, Binho e Dado Soul
Reprodução Adryana e a Rapaziada Gelo, Binho e Dado Soul
O grupo que em 2016 voltou a se reunir para atender aos pedidos dos fãs, gravou o single “EX”, música de Gaab Fernando, filho do Rodriguinho dos Travessos compositor revelação do momento, e Dado Soul da Rapaziada, no Rap A Resposta.
Com o crescente resgate musical da década de 90 o que não falta para o Grupo Adryana E A Rapaziada são sucessos para relembrar como Fim de Noite, Tudo Passa ,Só Faltava Você, Eu Te amo, Lembranças,Juventude, Samba Rock entre  outros…
A formação  é a original fundada em 1999, sem a presença de Layft hoje faz música gospel.

Reprodução Ronaldo Pavan: Adryana Ribeiro 2018

Atualmente Adryana Ribeiro uniu forças com o famoso DJ Marlboro apresentando o ragafunk  Logo eu Louca Louca com participação de Dado Soul da Rapazida no rap.
Veja Lyric video: Logo Eu louca, louca.
Inspirados na onda latina do reggaetom o projeto reúne vários artistas de diferentes segmentos que irão supreender as pistas numa compilação de 20 hits que serão lançados ao longo do ano pela Sony Music.
Links
Adryana Ribeiro e Luís Carlos/Raça Negra
Adryana E A Rapaziada/Tudo Passa
Adryana Ribeiro/Saudade Vem
Adryana e a Rapaziada/ Ex
Adryana Ribeiro/ Pout Pourri de Sambarock

 

Siga o Editor no Twitter: https://twitter.com/alepolese17

Siga o Editor no Insta: https://www.instagram.com/alexandregodoy1/

Leia tambem:

Anddreh Ponttez

Anddreh Ponttez é ator, jornalista por vocação, escreve sobre famosos e televisão desde 2011.Escreveu para diversos veículos de comunicação e hoje comanda o site Coluna da TV.Em 2017 estreou como colunista de TV e famosos dos programas A Tarde é Show e do Programa Lucimara Parisi, na Rede Brasil.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: