DestaqueNotícias

Mãe de Marielle Franco fala da vida sem a filha em entrevista exclusiva à TV Aparecida

 

O interior de uma igreja católica, no Rio de Janeiro, foi cenário da comovente entrevista de Marinete da Silva, mãe de Marielle Franco, vereadora do PSOL morta a tiros no Rio de Janeiro. O local foi especialmente escolhido por ela para conversar com Maria Cândida, apresentadora do programa Manhã Leve, da TV Aparecida. Trata-se do lugar onde a família, incluindo Marielle, sempre  frequentaram  as missas. No encontro, Marinete mostrou não ter perdido a fé em Deus e Nossa Senhora, nem deixou de ser  Cristã, após a brutalidade que vitimou a filha.

 A entrevista, que vai ao ar no canal católico no dia 11 de maio, às 10h, discorre sobre a vida da família antes e após a morte de Marielle.  Católica devota, Marinete, cuja mãe teve 11 filhos, é paraibana e advogada. Sentada com Maria Cândida num banco da igreja, Marinete se manteve forte o tempo todo. Não chorou. Respondeu com tranquilidade às perguntas voltadas à maternidade, lembranças, a luta da filha, sua dor e Fé, bem como a ligação pelo celular que recebeu do Papa Francisco.

 Ainda durante a conversa, Marinete se emocionou com a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que recebeu do Santuário Nacional e da TV Aparecida, pelas mãos de Maria Cândida.

A gravação aconteceu na igreja Nossa Senhora dos Navegantes, no bairro de Bonsucesso, região Norte do Rio de Janeiro. A igreja foi escolhida por ser especial para a família, que é católica.

 Sobre o episódio do assassinato da filha Marielle, ela revelou o que a fez ficar de pé: “Se não fosse a fé, todo esse amparo que Maria [mãe de Jesus] tem nos dado… eu estou sendo carregada por Ela…”

A advogada falou ainda do trabalho social que a filha realizou: “Marielle dava muito orgulho pra gente porque a função dela, todo o projeto que fez foi em benefício do próximo.”

Momentos familiares com a filha também foram lembrados na entrevista: os 15 anos, sua atuação e vivência na Igreja e na luta pelo bem e o nascimento da neta Luyara, sobre a qual falou com carinho:  “Ela está bem, na medida do possível. Eu ganhei uma filha de 19 anos.”

Num dos poucos momentos da conversa em que Marinete sorriu foi quando questionada sobre o telefonema do Papa Francisco. Ela contou ter recebido a ligação em seu celular no dia da Missa de 7º Dia da filha.  O Papa, segundo contou, disse que estava solidário e iria rezar muito pela família e por ela.

Por fim, a mãe da vereadora, cujos assassinos ainda não foram encontrados, deixou uma mensagem para as mães – principalmente àquelas que sofrem a perda dos filhos de forma trágica – não perderem a esperança por Justiça.

“… Fizeram com a minha filha, estão fazendo com outros filhos, principalmente aqui no Rio de Janeiro, que a gente está vivendo uma situação bem complicada, pra não perder a esperança. Aquele negócio: Deus dá, Deus tira. Não! Deus não queria, mas, infelizmente, o nosso Deus passa pelo nosso humano. É a humanidade que nos ceifa, que nos dá esse tipo de dor, para mim, para outros. Em nenhum momento podemos imaginar que isso acaba aqui!”, concluiu.

Curta a página do Coluna da TV no Facebook:https://www.facebook.com/ColunaDaTV/

 Leia também:

Claudete Troiano ensina a faturar com doces finos de casamento

rectransfer
oferecimento

Anddreh Ponttez

Anddreh Ponttez é ator, jornalista por vocação, escreve sobre famosos e televisão desde 2011.Escreveu para diversos veículos de comunicação e hoje comanda o site Coluna da TV.Em 2017 estreou como colunista de TV e famosos dos programas A Tarde é Show e do Programa Lucimara Parisi, na Rede Brasil.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: