DestaqueOpinião

Por que Segundo Sol não foi um grande sucesso?

 

A novela Segundo Sol chegou ao fim na noite desta sexta-feira (09), e foi uma das apostas da emissora para tentar repetir o mesmo sucesso de Avenida Brasil, de João Emanuel Carneiro, porém Segundo Sol não foi um grande sucesso, porém não foi uma fracasso. Sempre que João Emanuel Carneiro vem com uma nova novela, tanto o público como a emissora espera repetir o mesmo sucesso da trama de Nina e Carminha, que parou o Brasil e foi a novela mais vendida para outros países, superando até Escrava Isaura, que era a dona do recorde.

Mas afinal, por que Segundo Sol não foi um grande sucesso? Há vários motivos que podem responder essa pergunta. Antes mesmo de estrear a novela já cravava uma polêmica que viralizou na internet. Intitulada ”Ela poderia estar na novela..”, uma campanha realizada na web em que criticava o fato de Segundo Sol se passar em Salvador e não ter protagonistas negras, fotos de inúmeras atrizes negras  foram espalhadas na web com objetivo de mostrar que o Brasil possui sim inúmeras atrizes negras que têm talento suficiente para interpretarem as protagonistas de Segundo Sol, polêmicas a parte a emissora não escalou atrizes negras para os papeis principais, porém colocou atores e atrizes nas vagas dos coadjuvantes, assim a polêmica foi abafada.

Outro fato que contribui para a trama não ser um grande sucesso, foi Luzia Batista, interpretada por Giovanna Antonelli, que acabou sendo ofuscada pela vilãs Laureta (Adriana Esteves) e Karola (Deborah Secco), que conquistaram o público. Sem falar que a mocinha da novela foi extremamente sofredora, na primeira fase foi acusada de assassinar o ex-marido, passou boa parte da novela fugindo, até conseguir provar sua inocência, quando provou e finalmente tornou-se uma mulher livre foi acusada de matar Remy e voltou a ser uma fugitiva da polícia, ou seja, a história voltou para o mesmo lugar, assim Luzia Batista passou a novela inteira sofrendo demais e só conseguiu dar a volta por cima na reta final. No século XXI o público não quer mais ver heroínas tão sofredoras como em outras épocas, os telespectadores preferem protagonistas empoderadas, como foi Clara (Bianca Bin), em Outro Lado do Paraíso, que sofreu na primeira fase da novela, mas deu a volta por cima e voltou como uma mulher poderosa que se vingou de todos que prejudicaram sua vida.

As duas últimas novelas de João Emanuel Carneiro tiveram o mesmo problema, tanto A Regra do Jogo de 2015, como Segundo Sol, eram ”novelas policiais”, assim foram extremamente violentas, em praticamente todos os capítulos de ambas novelas tinham cenas envolvendo tiros e sangue e isso afasta o telespectador, nem os programas  policiais mais sangrentos da TV  têm tantas cenas de violência como teve Segundo Sol e A Regra do Jogo. João Emanuel Carneiro precisa bater em outra tecla em sua próxima novela, já que novelas policiais não dão tão  certo.Prova disso foi Avenida Brasil que cravou facilmente  50 pontos em audiência e não foi uma trama violenta ao extremo.

Segundo Sol ficou na casa dos 35 pontos em audiência, o que é o esperado para uma novela das nove nos dias de hoje, porém a trama não bateu a marca dos 50 pontos, que classifica uma novela das nove como um sucesso.

A trama só foi emplacar de fato na sua reta final, nas últimas semanas em que suas tramas começaram a se resolver, assim passou a marcar 40 pontos em audiência.

Segundo Sol teve as características do novelista João Emanuel Carneiro, uma história ágil, dinâmica, o autor não economiza histórias e a cada capítulo o público teve diversas surpresas, porém a trama não parou o país como foi o caso de  Avenida Brasil.

Siga o Coluna da TV nas redes sociais:

Facebook:https://www.facebook.com/ColunaDaTV/

Instagram:http://instagram.com/colunadatv

Leia também:

Nani Venâncio sobre episódio em que recusou cena de sexo em novela: “É por isso que eu deixei de atuar”

Veja também:

rectransfer
Oferecimento

Anddreh Ponttez

Anddreh Ponttez é ator, jornalista por vocação, escreve sobre famosos e televisão desde 2011.Escreveu para diversos veículos de comunicação e hoje comanda o site Coluna da TV.Em 2017 estreou como colunista de TV e famosos dos programas A Tarde é Show e do Programa Lucimara Parisi, na Rede Brasil.

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. achei que Luzia devia ter tido um pouco mais de alegria,Naná com dois maridos,como Dona Beija foi um ó,mãe deixar seu irmão se envolver com sobrinha foi um horror,Ionan ,parecia mais um policial sem rumo,aquele vai e vem de Rosa com os dois irmãos horrível,etc.Esperei muito e fiquei decepcionada com o final,nem verei a reprise

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: