Aparecida Debate avalia a realidade dos Hospitais Psiquiátricos no Brasil

0
tv aparecida
Foto:Divulgação/TV Aparecida

 

rectransfer
Anúncio publicitário.

Nesta quarta-feira (18), às 21h15, a discussão do Aparecida Debate será em torno do tema “Hospitais Psiquiátricos”. Mediado pelo jornalista Marcelo Zanini, convidados vão analisar a forma com a qual o Brasil trata quem sofre algum tipo de transtorno psiquiátrico. E a repórter Talita Galvão foi às ruas para ouvir a opinião da população sobre o assunto.

A produção da TV Aparecida levantou os números de serviços de acompanhamento de forma integral e gratuita que a rede pública disponibiliza: são mais de 1.500 leitos em hospitais gerais e outros 15 mil só em hospitais psiquiátricos. Mas o programa questiona se esses locais dão conta de atender os brasileiros que sofrem de problemas mentais.

Outro assunto abordado pela produção é que o Ministério da Saúde anunciou, no início deste ano, mudanças na política de saúde mental, álcool e outras drogas. Essas mudanças dão conta do atendimento a essa população e propõem a substituição das práticas de internação por outros tipos de serviços como: equipes de consultórios de rua ou o aumento de leitos de saúde mental em enfermarias de hospitais gerais. Porém, essa nova política divide opiniões dos profissionais e especialistas da área e o texto, de tão polêmico, saiu até do site do governo.

Participam do programa dois especialistas na área da psiquiatria: Márcia Gonçalves, Mestre e Doutora em Saúde Mental e especialista em Psiquiatria da Infância e Adolescência e Haroldo Caetano, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás. Ele é doutor em Psicologia e Mestre em Ciências Penais, além de ser um dos idealizadores do Programa de Atenção Integral ao Louco Infrator.

Debate Aparecida, quarta-feira, às 21h15.

Siga o Coluna da TV nas redes sociais:

Facebook:https://www.facebook.com/ColunaDaTV/

Instagram:http://instagram.com/colunadatv

Leia também:

A Dona do Pedaço:Vivi Guedes se casa de vestido preto em sinal de protesto

janaina de iemanja
Informe publicitário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.