Duduca e Dalvan e Fernanda Costa estarão no palco do Aparecida Sertaneja

0
86
mariangela zan
Mariangela Zan comanda o Aparecida Sertaneja.Foto:Divulgação/TV Aparecida
rectransfer
Anúncio publicitário.

Nesta terça-feira (08), excepcionalmente, o Aparecida Sertaneja vai ao ar mais tarde, às 20h30, logo após a Novena da Padroeira. Comandado por Mariangela Zan e dirigido por Jeferson Silva, o programa da TV Aparecida traz entre suas atrações, ao vivo, artistas como a dupla Duduca e Dalvan, os “Leões da Música Sertaneja”, Fernanda Costa, uma das grandes apostas femininas da música, bem como a cantora Eliana Ribeiro, que através de suas músicas segue a trilha da evangelização católica. E para fechar a noite, a produção vai contar ainda com padre violeiro Paulo Morais.

Conheça um pouco mais de cada atração do programa desta semana:

Duduca e Dalvan

Conhecidos como “Leões da Música Sertaneja”, eles iniciaram a formação em 1978, com um repertório de canções românticas sertanejas. A dupla original seguiu tocando junta até 1986. Atualmente, a parceria tem um novo cantor no lugar de Duduca. Entre as músicas de sucesso do repertório deles estão “Berrante de Ouro”, “Rastros na Areia” e “Espinheira”.

 

Fernanda Costa

Dona de um carisma espontâneo, essa revelação do sertanejo cantava nos clubes e hotéis de Caldas Novas, em Goiás, e seu talento chamou a atenção dos padrinhos Bruno e Marrone. A bela tem se destacado no meio sertanejo feminino com músicas como “Chame o Juiz” e “No Fundo da Garrafa”.

Eliana Ribeiro 

De Vitória (ES), a cantora tem em seu repertório músicas de louvor a Deus. A vocação artística voltada à religião católica foi descoberta em um Congresso Nacional da Renovação Carismática Católica (RCC), realizado em 1997, em Aparecida (SP). Em maio de 2004, casou-se com o músico, Fábio Roniel. Em  2006 nasceu Daniel, primeiro filho do casal, e em 2011: Helena. Como família consagrada, eles evangelizam levando as pessoas a terem um encontro pessoal com Jesus. Entre os álbuns que já gravou está o primeiro deles, “Tempo de Colheita”, em 2002. Depois vieram muitos singles: “Conduza-me”, “Confiança”, “Determinada Decisão” e “Quem Como Deus”.

Padre Paulo Morais

Missionário Redentorista, o religioso trabalha atualmente na Basílica São Geraldo, em Curvelo (MG). Desde pequeno, sempre gostou da música caipira e foi ela que o impulsionou na escolha da vocação. Aos 12 anos aprendeu violão e tocava na igreja. Estudou e foi ordenado padre em 2015. Padre Paulo é um estudioso da viola caipira e lançou em 2017 o CD  “Fé e Folia”, com várias canções, reunindo grandes músicos como Zé Geraldo, Wilson Dias, Chico Lobo, entre outros.

Aparecida Sertaneja, terça-feira, às 20h30.

Siga o Coluna da TV nas redes sociais:

Facebook:https://www.facebook.com/ColunaDaTV/

Instagram:http://instagram.com/colunadatv

Leia também:

Zezé Di Camargo prestigia gravação de videoclipe do cantor Denis Baum

Bandidos invadem TV Cultura e matém 30 funcionários como refém

janaina de iemanja
Informe publicitário.

DEIXE UMA RESPOSTA

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.