Thaís Araujo protesta morte de menino: “Mais um jovem negro assassinado”

0
Taís Araújo Foto: Facebook

Após a notícia da morte, por bala perdida, de um adolescente de 14 anos, durante um confronto entre traficantes e policiais numa comunidade do Rio de Janeiro, Taís Araújo usou a rede social para protestar:

“João Pedro brincava em casa quando foi baleado. Levado pelo Estado, sua família ficou até agora de manhã sem notícias, quando seu corpo foi encontrado no IML. Mais um jovem negro assassinado. Até quando vamos continuarperdendo os João Pedros deste país? #JoaoPedroPresented=copiaecolaestreia”

O corpo de um jovem de 14 anos, que estava desaparecido após ser baleado durante operação conjunta da Polícia Cívil e da Polícia Federal, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ), foi encontrado no Instituto Médico Legal (IML) na segunda-feira (18/5). Após o menino -identificado como João Pedro – ser atingido, os agentes o levaram e, desde então, os pais não tinham notícia dele.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) instaurou inquérito para apurar o caso. Além disso, a perícia já foi realizada no local e duas testemunhas prestaram depoimento na delegacia.

A operação feita pela polícia na comunidade, segundo relatos, visava cumprir dois mandados de busca e apreensão contra lideranças de uma facção criminosa. A alegação é de os policiais reagiram para se defender e que no local foram apreendidas granadas e uma pistola.

Durante a ação, seguranças dos traficantes tentaram fugir pulando o muro de uma casa e teriam disparado contra os policiais.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.