DestaqueNotícias

Galvão Bueno defende a Globo em debate com presidente do Flamengo

Nesta segunda-feira (08/06), no programa “Bem, Amigos”, do canal SporTV. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, foi o entrevistado. Entre os participantes estavam os seguintes globais: o apresentador Galvão Bueno e o ex-jogador e comentarista Casagrande. E o clima ficou quente com as divergências de opiniões. O dirigente rubro-negro disse que a Globo estaria planejando voltar a gravar novelas em junho, mas foi corrigido por Galvão.

“Ouvi dizer que a própria Rede Globo vai  estar voltando a filmar as novelas, que o povo tanto gosta. Eu imagino que vocês também estão pensando em protocolos desse tipo, no mesmo padrão que estamos seguindo no futebol”, disse Landim, mas Galvão corrigiu:

“Gostaria de lhe informar que a Globo não pensa em voltar a gravar as novelas antes do final de julho, previsto a partir do final de julho, e se entender que haja condições favoráveis na solução da pandemia “..

Landim, então, pediu desculpas.

“Peço desculpas. Esse mundo de notícias tão louco… Deve ser mais uma fake news. Peço desculpas”.

E Casagrande se mostrou incomodado com o posicionamento do presidente do Flamengo a favor da volta do futebol e opinou:

“Eu não concordo com a volta do futebol. O Governo Federal não tratou bem a pandemia, não temos nem ministro da Saúde. Tem que tomar cuidado com fake news. Já estão tomando providências para acabar com essa rede de fake news. A Globo não vai passar novela. Por último, você está falando em nome do Flamengo, não do futebol. O futebol brasileiro não é só Flamengo, não vai disputar titular contra reserva. Por que a pressa, presidente? Por que não pode esperar mais um mês ou dois? Qual é o problema? O senhor tem que pensar no Flamengo e em vocês também. Se der algo errado, o senhor é o líder”.

Landim argumentou que a ideia de retomada do futebol é quase uma unanimidade entre os clubes cariocas, com exceção de Botafogo e Fluminense.

“Eu represento o Flamengo, mas tenho certeza que falo em nome da grande maioria dos clubes do estado do Rio de Janeiro. E mantemos contato direto com outros clubes da Série A. Essa posição é da maioria dos clubes. O Flamengo não está sozinho. O que o Flamengo faz questão de liderar é pelo exemplo. Eu não quero liderar nenhum movimento de volta ou de não volta. Quero deixar claro isso: o Flamengo quer liderar pelo exemplo, pela forma de gere o futebol, pela forma com que forma os seus times”, disse o dirigente.

Vídeo completo: https://youtu.be/LLNqz502aiU

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: