DestaqueFamosos

“Ganhava R$ 1 mil por mês na MTV e sobrevivo porque sou aposentado”, revela Max Fivelinha

Para quem viveu o auge da MTV vai lembrar do querido Max Fivelinha, que divertia o público com seu carisma e inúmeras fivelas no cabelo. Maximiliano Machado, de 57 anos, fez sucesso como o primeiro apresentador gay do canal e até hoje é lembrado pelos fãs e admiradores do maquiador, que virou apresentador.

Max, que está fora da TV há três anos, resolveu largar a vida agitada de São Paulo para morar em um sítio em Camanducaia, no sul de Minas Gerais, onde cuida de plantações e animais.

Mas, ao contrário do que todo mundo imagina, Max, que foi apresentador durante 17 anos, não ganhava salários altos como tantos apresentadores.

Em entrevista ao canal Lisa, Leve e Solta, da jornalista Lisa Gomes, ele revelou quanto ganhava na MTV:  “Aquele luxo e sucesso todo que eu vivi, sempre achei que não era meu. Foi muito difícil largar uma profissão onde eu era topíssimo como maquiador para virar apresentador, eu era muito querido porque fazia cabelo e maquiagem e tinha muito trabalho e a gente ganhava muito bem. Eu tive que deixar a profissão de maquiador pra ganhar R$ 1 mil por mês, eu ganhava dez vezes mais como maquiador. Eu ia desistir”.

Max Fivelinha já é aposentado por tempo de contribuição e sobrevive desse dinheiro, “Eu sobrevivo porque sou aposentado, eu comecei a trabalhar quando ia completar 13 anos de idade, fui para o primeiro emprego e nunca deixei de pagar o INSS” disse.

Créditos: Divulgação

Assista a entrevista completa:

Anddreh Ponttez

Anddreh Ponttez é ator, jornalista por vocação, escreve sobre famosos e televisão desde 2011.Escreveu para diversos veículos de comunicação e hoje comanda o site Coluna da TV.Em 2017 estreou como colunista de TV e famosos dos programas A Tarde é Show e do Programa Lucimara Parisi, na Rede Brasil.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: