DestaqueNotícias

Treta com Glória Peres teria definido a saída de José de Abreu da Globo

Durante uma live, José de Abreu minimizou a sua saída da TV Globo, após 40 anos. Disse que em comum acordo ele e a emissora fizeram o distrato para ele continuar morando na Nova Zelândia e investir na carreira internacional. Porém, o jornalista Lo Bianco, do programa A Casa é Sua, da RedeTV!,  garantiu não ser bem essa a real história.

Segundo fonte do jornalista, a Globo é que não quis renovar o contrato com José de Abreu:

“Houve como fizeram com Stênio Garcia, um comunicado formal, um mês antes, de que a Globo não renovaria o contrato. Não tem que se falar em distrato se não houve ruptura. O contrato estava vencendo e não foi renovado”, disse Lo Bianco, que continuou relatando o que sua fonte contou:

“A Globo não quer mais sustentar o Zé de Abreu na Nova Zelândia porque não há trabalha no momento para ele. E nenhum autor vai chamar o Zé de Abreu tão cedo, pois a maioria dos atores não quer contracenar com ele”.

Vamos explicar: José de Abreu se tornou persona non grata pelos colegas de emissora depois de um comentário de mau gosto dele na rede social sobre a autora Glória Peres.  O ator comparou o posicionamento político dela ao de Guilherme de Pádua, assassino da filha da escritora.  Abreu fez o seguinte desabafo político no Twitter, em 6 de julho de 2019. “O Brasil está tão doido, que vemos Guilherme de Pádua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!“, escreveu o ator.  Irada, a novelista respondeu em sua rede social: “Você é muito canalha! Não vou revidar relembrando sua tragédia pessoal. É block e mais nada”, concluiu.

Segundo Lo Bianco, naquele dia mesmo José de Abreu seria demitido por justa causa. A autora foi procurada pela direção da emissora para opinar, mas disse que não queria se meter. “Houve uma reunião e eles foram humanos, pois se fosse demitido naquele momento o ator seria execrado e não trabalharia em lugar nenhum”, contou Lo Bianco.

Outro problema que deixou José de Abreu bem negativado com a Globo foi o fato de oficiais de justiça terem entrado alguma vezes na emissora procurando o artista por problemas processuais.  Isso porque ele não tinha endereço de moradia no Brasil.

“Num dos despachos a juíza fala que o réu está se desvirtuado da obrigação de comparecer em juízo. A Globo pediu pra ele dar o endereço fixo e ele respondeu que morava Nova Zelândia”, conclui o jornalista de Sônia Abrão, que quando teve a palavra para comentar a trata, disparou:

“Eu não suporto o José de Abreu!”

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: