Reality policial Operação de Risco completa 400 episódios no ar

2
operacao de risco
Foto:Divulgação/RedeTV!

 

rectransfer
Anúncio publicitário.

A edição do ‘Operação de Risco’ desta semana será especial: o programa completa a marca de 400 episódios exibidos na tela da RedeTV!. Para celebrar o marco, o diretor da atração, Eduardo Oliveira, vai para frente das câmeras comentar os desafios durante as gravações que registram os bastidores das ações exclusivas das Forças de Segurança no Combate à Criminalidade no país.

“O programa é complexo. Não é algo fabricado. Precisamos embarcar na viatura e ter a sorte de registrar a ocorrência em questão. Acontece de sairmos para gravar e voltarmos sem nada, por exemplo. Por isso digo que não é um programa fabricado”, explica Eduardo durante entrevista ao apresentador e delegado Jorge Lordello.

Ainda na edição comemorativa, a estreia de um quadro repleto de emoção e adrenalina chamado Perseguições Policiais, exibindo suspeitos em tentativa de fuga do cerco policial. O superintendente de Jornalismo, Esportes e Digital da RedeTV!, Franz Vacek, e integrantes da Polícia enviam também mensagens desejando vida longa ao programa.

Uma das principais audiências da emissora de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho, o ‘Operação de Risco’ foi o primeiro reality policial a existir na TV aberta brasileira, colocando o telespectador dentro das atividades conduzidas pela Polícia Civil e Militar de São Paulo. Além de destaque na televisão, o programa é também sucesso na internet e acumula milhões de visualizações em seus vídeos nas plataformas digitais.

Registrando cenas reais de todas as etapas das ações policiais, do planejamento às abordagens, das investigações às perícias técnicas, o Operação de Risco vai ao ar todo sábado, às 22h10, na RedeTV!.

Siga o Coluna da TV nas redes sociais:

Facebook:https://www.facebook.com/ColunaDaTV/

Instagram:http://instagram.com/colunadatv

Veja também:

Claudete Troiano relembra gafe envolvendo Leila Lopes: “Gugu disse que fiz para viralizar na internet, mas não foi”

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.