Aniversário: “Tributo ao Samba”, com Adryana Ribeiro, vai ao ar na TV Aparecida  

0
Tributo ao Samba Juan Ribeiro

 

Os veículos da Rede Aparecida de Comunicação estão em festa no mês de setembro! São 70 anos da Rádio Aparecida, 16 anos da TV Aparecida e 11 anos do Portal A12. E para comemorar, a produção da TV Aparecida preparou um lindo show musical: “Tributo ao Samba”, que vai ao ar na quarta-feira (8 de setembro), às 21h, pela TV Aparecida.

Apresentado por Juliana Luz e dirigido por Felipe Pontes, a atração especial tem como convidada principal a cantora e compositora Adryana Ribeiro. A ideia é levar momentos felizes aos telespectadores, através de músicas que marcam a história do Brasil e que fazem parte da memória afetiva do nosso povo. Como cenário, o programa terá a imagem do Rio de Janeiro, um dos berços desse ritmo, cidade e paisagem que retratam a alegria que o musical busca transmitir. 

Tributo ao Samba
Juan Ribeiro

Para esse belíssimo espetáculo, Adryana Ribeiro foi especialmente convidada para interpretar algumas canções, entre elas, “O que é que a baiana tem”; “Aquarela do Brasil”; “Canta canta minha gente” e “Vou festejar”. Em outro momento, a cantora e intérprete vai conduzir o espetáculo em um recorte lúdico, aproveitando as vertentes do samba, para apresentar outras canções icônicas, como “Fascinação”, “A vida é um moinho”, “Carinhoso”, “As rosas não falam”.   

A escolha do samba pela produção da TV Aparecida como o ritmo do especial foi pela grande representatividade musical, que traduz a história e a evolução cultural do País. Com a chegada dos povos africanos nos mais diversos estados brasileiros, vieram com eles os sons dos tambores, que fazem parte das canções. E o samba, no decorrer da história, se fez raiz em nossa terra.  

Tributo ao Samba
Juan Ribeiro

Sobre a cantora Adryana Ribeiro 

Adryana Ribeiro tem uma carreira de mais de 25 anos. É recordista em vendas de discos, foi indicada ao Grammy Latino, jurada do Revelações Brasil 2021, e atualmente é intérprete do “Tributo Beth Carvalho”, em cartaz no Teatro Gazeta, em São Paulo.  A artista nasceu no bairro do Jaçanã (SP), onde estudou canto lírico por 5 anos, além de piano e balé. Aos 16 anos, Adryana iniciou a carreira cantando em bandas de baile e gravando jingles. Mas foi o estilista e apresentador de TV, Clodovil Hernandez, quem a descobriu ao vê-la numa festa, e convidou-a para o seu programa, no qual ela fez a primeira apresentação pública de sua carreira, na mídia. Antes da carreira solo, ela integrou o grupo ‘”Adryana e a Rapaziada”, no começo dos anos 2000. 

“Tributo ao Samba”, quarta-feira (8/9), às 21h 

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.