Entrevistas

 Sergio Moro abre a série de entrevistas com presidenciáveis na TV Aparecida  

Na próxima terça-feira (8/2), às 21h30, o programa “Aparecida Debate – Eleições 2022”, da TV Aparecida, inicia uma rodada de entrevistas com os pré-candidatos à Presidência da República. Sergio Moro (Podemos) foi o primeiro dos presidenciáveis a aceitar o convite da emissora católica. Todos os demais aspirantes ao Palácio do Planalto foram convidados pela produção e terão o mesmo espaço para falar de suas propostas de governo. A entrevista com Sérgio Moro, conduzida pelo jornalista Eduardo Miranda, foi gravada em um hotel na capital paulista.    

Os temas abordados com Moro estão ligados à ação pastoral da Igreja e assuntos que afetam o dia a dia do brasileiro. Entre eles os princípios morais e éticos necessários ao candidato à presidência, a encíclica Fratelli Tutti (Todos Irmãos), em que o Papa Francisco indica a fraternidade e a amizade social como garantias de um mundo melhor, as prioridades para o Brasil de hoje, a corrupção e como resolver esse problema que já dura décadas, a pandemia do coronavírus e as consequências para a saúde pública e a economia.  

Sobre o tema da corrupção, Sérgio Moro declara na entrevista que vai ao ar: “É preciso se corromper no Brasil pra ter governabilidade? Não é preciso. Quem fez isso no passado nos legou recessão, desemprego e sofrimento”.  

Com relação à saída do governo Bolsonaro, no qual foi ministro da Justiça e Segurança Pública, ele justifica: “Eu podia estar lá até hoje como ministro, com prestígio daquele cargo, mas eu preferi sair. Então, eu tenho muito claro que eu não vendo os meus princípios por poder ou por dinheiro”.  

Moro ainda indica caminhos para diminuir a pobreza no País: “A prioridade pra gente poder acabar com a pobreza é ter um crescimento econômico mais robusto; a solução é emprego. Uma solução de médio e longo prazo é a educação”.  

Sobre o entrevistado  

O paranaense Sergio Moro lançou recentemente sua pré-candidatura à Presidência da República pelo Podemos. Ele ficou conhecido por comandar as ações da Operação Lava Jato, em Curitiba (PR), entre março de 2014 e novembro de 2018. Segundo o Ministério Público, o maior caso de corrupção da história do Brasil. Posteriormente, Moro deixou a magistratura para ser Ministro da Justiça e Segurança Pública do governo de Jair Bolsonaro, cargo que ocupou até abril de 2020, quando pediu sua exoneração. Graduado em Direito, tem mestrado e doutorado pela Universidade Federal do Paraná. Moro tornou-se juiz federal em 1996.   

Convite aos pré-candidatos às Eleições 2022  

Este ano, o Brasil terá eleições para presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. A produção de Jornalismo da TV Aparecida convidou todos os presidenciáveis, que despontam nas pesquisas de intenção de voto. São eles: Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PL), João Doria (PSDB), Luiz Felipe D’Ávila (Novo), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Rodrigo Pacheco (PSD), Sérgio Moro (Podemos) e Simone Tebet (MDB).  

Iniciativa da TV Aparecida 

A ideia da TV Aparecida em ouvir os projetos dos pré-candidatos tem como base o compromisso da Igreja no Brasil com a formação do cidadão e a consciência política. A ação pretende apontar caminhos para que se respeite o princípio básico de uma nação: a dignidade humana. Nesse sentido, a TV Aparecida se faz presente, mais uma vez, neste momento decisivo para os seus mais de 200 milhões de habitantes. Em 2018, a emissora transmitiu o debate entre os candidatos à Presidência promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).  

Serviço:  

“Aparecida Debate – Eleições 2022”  

Data: 8/2, às 21h30, na TV Aparecida  

Jornalista: Eduardo Miranda  

Produção: Idalina Miranda  

Cinegrafistas: João Éder e David Ferreira  

Auxiliar: Danilo Santos 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: