Redação

Reportagem do “Arquivo A” destaca as peculiaridades de São Paulo

O “Arquivo A” desta quinta-feira  (25/5), às 22h30, vai explorar as histórias e tradições de São Paulo, a maior cidade da América Latina. O repórter Eduardo Gois, com a equipe de jornalismo da TV Aparecida, visitou diversos pontos turísticos da cidade, conferiu a vasta gastronomia, bairros popularizados por imigrantes, e também vai mostrar outra face da cidade, com a desigualdade social.

A produção vai mostrar que São Paulo – com mais de 12 milhões de habitantes – é conhecida por sua diversidade, pelos grandes edifícios e pelo trânsito caótico. A cidade abriga pessoas de todos os cantos do Brasil e do mundo. Eduardo Gois entrevistou sociólogos, historiadores e pessoas que vieram para a cidade buscando uma oportunidade.

Outro ponto que será destacado na reportagem é a grande desigualdade social e o notório aumento da população de rua, em torno de 31 mil pessoas atualmente. O “Arquivo A” também vai mostrar projetos sociais que ajudam a cuidar e alimentar as pessoas em situação de rua, como a Casa de Oração do Povo de Rua.

O “Arquivo A” ainda traz em pauta o trânsito da cidade, que conta com mais de 30 milhões de veículos. E mostrar como funciona a rede metroviária, composta por mais de 104km de extensão e 91 estações, por onde passam mais de cinco milhões de passageiros diariamente.

Alguns pontos desta grande metrópole explorados no programa trazem religião, história e arte, como a Catedral da Sé, a mais alta Igreja de São Paulo, e a Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Além de mostrar como imigrantes italianos trouxeram a fé em Nossa Senhora Achiropita, que tem uma conhecida paróquia no bairro do Bixiga. 

Mais lugares visitados são Avenida Paulista, 25 de Março, Pinacoteca, Estação da Luz, Museu da Língua Portuguesa e outros tantos que constroem São Paulo. Entre os entrevistados na reportagem estão a professora Rosana Schwartz, historiadora da Faculdade Mackenzie, o padre Geraldo de Paula Souza, pároco e missionário redentorista, e Laura Maria Gumerato Cominato, oblata redentorista.

“Arquivo A”, quinta-feira, às 22h30

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: